26/06/2018

ConstruƧƵes em aƧo contribuindo para a sustentabilidade

A palavra sustentabilidade tem ganhado espaƧo nos Ćŗltimos anos em praticamente todos os setores empresariais, principalmente no que tange a Ć”rea da construĆ§Ć£o. Este Ć© um movimento crescente que vem como consequĆŖncia da percepĆ§Ć£o sobre a necessidade de preservaĆ§Ć£o do ambiente natural. Sabe-se que nĆ£o Ć© possĆ­vel construir sem causar algum tipo de impacto na natureza, porĆ©m o que se almeja Ć© a reduĆ§Ć£o gradativa destes danos.

O conceito de sustentabilidade e sua efetiva utilizaĆ§Ć£o devem integrar todas as etapas de uma edificaĆ§Ć£o, iniciando pelo projeto, passando pelo uso diĆ”rio, alĆ©m da tentativa de realizaĆ§Ć£o de uma construĆ§Ć£o baseada em mĆ©todos e materiais que nĆ£o danifiquem o ambiente. Esta situaĆ§Ć£o se dĆ” por estarmos caminhando em busca de um planeta sustentĆ”vel, com novos hĆ”bitos de consumo, o que acarreta em uma demanda cada vez maior de empreendimentos certificados e preocupados com questƵes ambientais, os quais trazem muitos benefĆ­cios Ć  sociedade como um todo.

Isto posto, pode-se verificar que a construĆ§Ć£o em aƧo, alĆ©m de ser de extrema durabilidade e versatilidade vem ao encontro dos conceitos de desenvolvimento ambiental sustentĆ”vel. Ɖ importante lembrar que o aƧo Ć© material 100% reciclĆ”vel, o que permite que quando finalizada a vida Ćŗtil da edificaĆ§Ć£o, ele tem a possibilidade de voltar aos fornos de origem, em formato de sucata, claro e, novamente se tornar aƧo e ser utilizado em outros empreendimentos, sem perda de qualidade.

As construƧƵes com estruturas em aƧo empregam tecnologia limpa, diminuem sensivelmente os impactos ambientais na etapa de construĆ§Ć£o, alĆ©m de garantir seguranƧa e conforto aos ocupantes da edificaĆ§Ć£o.

Podemos elencar, entĆ£o, algumas vantagens iminentes que a construĆ§Ć£o em estruturas de aƧo nos traz:

  • Diminui as taxas de poluiĆ§Ć£o ambiental- pelo fato do aƧo ser extraĆ­do do minĆ©rio do ferro, do seu processo de produĆ§Ć£o resulta um material homogĆŖneo, que nĆ£o libera substĆ¢ncias que agridem o meio ambiente;
  • Reduz o tempo de execuĆ§Ć£o da obra:Ā o aƧo possibilita uma construĆ§Ć£o mais rĆ”pida, pelo fato de a maioria dos seus componentes serem produzidos fora do canteiro de obra. O tempo de construĆ§Ć£o Ć© mais curto, minimizando os incĆ“modos causados Ć  vizinhanƧa;
  • Economiza materiais e diminui os impactos:Ā a estrutura em aƧo por ter menor peso, contribui para a reduĆ§Ć£o das fundaƧƵes e escavaƧƵes, evitando grandes retiradas de terra que, consequentemente, reduzem as viagens de caminhƵes para sua remoĆ§Ć£o e a necessidade de Ć”reas para descarte;
  • Maximiza a iluminaĆ§Ć£o natural com economia de energia:Ā a alta resistĆŖncia do aƧo permite estruturas com vĆ£os mais amplos. Telhados e fachadas leves e transparentes favorecem a iluminaĆ§Ć£o natural e, consequentemente, a economia de energia elĆ©trica;
  • Durabilidade: o aƧo permite que se utilizeĀ  diversas maneiras de proteĆ§Ć£o efetiva contra corrosĆ£o, tanto por meio de revestimento metĆ”lico quanto pintura, ou ambos, que sĆ£o cada vez mais aplicados diretamente Ć s chapas ou Ć  estrutura durante o processo de fabricaĆ§Ć£o;
  • Flexibilidade:Ā edificaƧƵes com estrutura em aƧo oferecem mĆ”xima liberdade ao empreendimento, tanto na fase de operaĆ§Ć£o como em futuras adaptaƧƵes. As construƧƵes podem ser facilmente modificadas ou ampliadas para se adaptarem a novos usos;
  • Ā O aƧo Ć© infinitamente reciclĆ”vel:Ā o aƧo pode ser reciclado em sua totalidade sem perder nenhuma de suas qualidades. Devido a suas propriedades magnĆ©ticas, que nĆ£o sĆ£o encontradas em nenhum outro material, o aƧo Ć© facilmente separado de outros materiais, possibilitando elevados Ć­ndices de reciclagem.
Voltar